ATUADORES

O Atuador (elétrico, hidráulico ou pneumático) está ligado diretamente ao controle do obturador da válvula liberando, impedindo ou dosando o fluxo de fluido ou gás dentro de uma tubulação.

Atuadores-Pneumáticos

ATUADORES PNEUMÁTICOS

São instrumentos “equipamentos” utilizados para automação pneumática. Quando acoplados às válvulas, proporcionam automatizar o processo para acioná-las remotamente “abrir ou fechar” sem a necessidade de intervenção manual. Os atuadores pneumáticos são subdivididos em modelo linear e modelo rotativo.

ATUADORES ELÉTRICOS

Assim como os atuadores pneumáticos, os atuadores elétricos realizam a mesma função, ou seja, quando acoplados às válvulas, proporcionam automatizar o processo para acionamento remoto “abrir ou fechar” sem a necessidade de intervenção manual. Podemos subdividir em modelo linear (multivoltas) e modelo rotativo (¼ volta). Em resumo, trata-se de um sistema eletromecânico sendo assim, podem ser fabricados para diversas aplicações como: função On-Off, função controle modulante, comando por sinal elétrico monofásico, trifásico ou até mesmo em redes industriais de automação, normalmente controladas via protocolos de comunicação digital. Quanto a aplicação, os atuadores elétricos podem ser especificados para USO GERAL ou para uso em áreas classificadas Ex (à prova de explosão).

Atuadores-Elétrico
Atuadores-Hidráulicos

ATUADORES HIDRÁULICOS

São instrumentos “equipamentos” com a mesma função dos atuadores pneumáticos, no entanto tem como princípio de funcionamento, “óleo hidráulico” como fluído circulante fundamental para gerar as forças de atuação do atuador. Geralmente utilizado em válvulas que requerem uma elevada força, ou torque para serem acionadas, mas também podem ser utilizados em casos em que não há sistema de instrumentação pneumática disponível ou suficiente.  Atuadores hidráulicos requerem uma bancada hidráulica de alta pressão, para suprir a necessidade do sistema.